15.12.05

Natal...(by Pr.Livingsthon Farias)

Durante muitos anos fui me tornando “expert” em celebrações natalinas, arrumando e decorando templos, montando peças para teatro com cuidado profissional,ensaiando grupos, quartetos, bandas, corais etc...

Era bem fácil de notar o envolvimento puro e real quanto a tudo o que acontecia em torno do espetáculo. O Nascimento de Jesus e a vinda de Jesus marcavam as pessoas em definitivo.Sua morte, sua vida sua devoção, sua resignação, sua missão, suas palavras, enfim... tudo era mesmo um grande e seríssimo motivo para que a (CONGREGAÇÃO) vibrasse extasiada e cheia das perspectivas de que, as encenações alí, pelo menos, mostravam mesmo um Cristo VIVO.. de poder e glória... ressurreto, e sobretudo, Senhor da Igreja!!

Os anos se foram... se passaram, as encenações ainda continuam... umas poucas fazem sentido, outras forçam uma grande barra para justificar, via (desencargo de consciência) que tudo aquilo alí é experiência pra valer. No fundo, no fundo... assistir os espetáculos, parece mesmo nos manter meio que... escravos e reféns de um legado que por mais que pareça ser muito bom, e feito com gente boa, não nos cura da real e gritante verdade. Aliás... verdade (incalável) inamordaçável, imutável. É que... nosso natal, faz tempo que deixou de ser o natal de Jesus, ou dos meninos Jesus, ou das (meninas) Jesus!!!

Em primeiro lugar:
A lista de São Mateus cap. 25 foi rasgada, assambarcada, secundarizada, trocada.Quando não; essa lista é mal pregada, mal empregada, descontextualizada, “inaplicada”. Senão... ou outrossim, essa lista foi substituída pelas garras hostis da sofisticação pós- moderna eclesiástica – “igrejástica” – “diabolástica” – “homolástica”, e penalmente aplicada aos menos( favor) recidos e simples das comunidades locais, que com seus olhares razos, chegam ao fim de dezembro com uma só crença... a crença que o (mini)stério lhes oferecerá. que descaso com a missão da Igreja!!

Que falácia... que mentira... que coisa horrenda, medonha!!! Notem nesse Manuscrito! Cito os menos (favor)recidos, exatamente por lembrar da Graça Bendita de Cristo, como também, cito os mini- stérios ,exatamente por causa do que tem ocorrido em meu País. Daí.. todos se unem para agasalhar o seu próprio coração desencarguiçado, como? Dando uns presentinhos aqui... umas cestinhas alí... um cartãozinho acolá. E assim, como diz o Profeta culturalmente apócrifo (Lulu Santos), assim caminha a humanidade, com passos de formiga e sem vontade!! Feliz natal???

Sim.. no entanto, porque temos perdido a guerra para a Pestalozi, para o Criança Esperança, para a Tereza de Calcutá,,, para a irmã Dulce e para muitas outra vozes que conhecemos ou não??? Por quê?? Saibam que... na famosa e formosa lista de São Mateus Cap. 25 e também na lista de São Lucas, há lá, doentes, desamparados, hospitalizados, encarcerados, presos, famintos,miseráveis que reclamarão no trono do Altíssimo Deus tudo o que des - fizemos em relação a eles. Não tenho dúvida que tudo isso nos custará bastante caro. Feliz Natal??

Sim,... porém como?? Pois já faz muito tempo que abandonamos a nossa vocação samaritana. Na verdade, nossa “samaritanísse” está mais para samal-ritanísse, ou mesmo samá--ri - tolisse. Nem Deus aguenta mais. Feliz natal??


Sim,, mas como?? Se o Cristo que nasceu pra mim não nasce para o meu próximo?? Como?? se o Cristo que me sustenta, não sustenta o meu igual? Como?? Se o Cristo que morreu por mim exclui o meu igual?? E assim o meu igual morre enquanto euzinho.... me identifico teológica- mente com a morte Dele... mas consinto, tal qual Saulo, na morte de muitos??Feliz natal??

Mas como?? Com mão lavadas das dores do outro?? Com a cara (lambida?) Na limpa?? Na lata? Feliz natal??

Sim, mas até quando essa hipocrisia vai durar?? Do outro lado, não sei se você leitor, internauta, sabe, mas, feliz, quer dizer, sortudo... felizardo... tatuado com as marcas do regozijo... aventurado... por fim, feliz, quer dizer, premiado. Bom... é claro que sei que é assim que nos sentimos, e os demais?? Parece que o presente século nos tornou mesmo escravos de Roma. Isto é também um sub- efeito, ou um terrível efeito da “catolicidade” pós moderna, onde, católicos tentam desdobradamente nos imitar. Mas só agora, pois nós, no que tange as imitações, chegamos primeiro e os imitamos a muitas décadas. Os movimentos Católicos estão “gospel-ificados”... e a nossa evangelicidade se tornado cada vez mas catolificada!! Um Absurdo insustentável... um acínte a Deus, uma manchadura letal na história... uma indesejável lama... ou, como diz o jornalista Boris : uma vergonha!!!

Proponho um simples gesto a cada um de vocês, antes das guloseimas, dos presentinhos, da ceia de tudo e ao mesmo tempo vazia do real sentido. Tentem ao menos lembrar dos presos como diz o Escritor aos Hebreus!! Tentem lembrar dos que estão caminhando para a morte, como diz São Judas em Sua epístola!! Tentem lembrar da favela mais próxima de suas residências. Um Feliz natal!!

Só que... antes de tudo, dê uma pequena chance a você mesmo de ser longânimo, perdoador , simples, “des-ambicioso”,seja menos crítico, menos malicioso, menos irritante, menos troncudo, menos bronco, mais flexível, mais pacífico, mais amável, aprenda a admirar as coisas boas de cada ser humano. Julgue menos, condene menos aliás... cuide !! Pois, você não sabe o dia de amanhã. Não sabe mesmo!! Seja leve... seja gente boa... discuta menos... poupe-te mais... dê graças pelos outros... alegre-se mais. Pois no fundo no fundo... não há graça nenhuma em prejudicar os outros.Seja a-associavelmente maneiro... relax...Fale a todos o quão bom você é! Tenha um coração lindo. Caso você tenha dificuldades pra isso... oportunize-se em aprender com Aquele que disse de Si mesmo:: " Pois sou Manso e humilde de Coração.

Feliz natal a todos... em nome Daquele que é a razão do natal... "Cristo".........

Pr. Livingsthon Farias!!!

1 Comments:

At 4:02 PM, Blogger Simone Almeida said...

AMÉM!!

 

Postar um comentário

<< Home