27.11.05

Efusões, confusões e outros danos...(by Pr.Livingsthon Farias)

Foi a partir de então, que nos anos 90, surgiram as mais notórias evidências do (pós- modernismo) no nosso ambiente evangélico. De uma certa forma, é inegável que não sejamos produto disso. Apesar de que... quando percebo que minha alma é tratada como um produto, ou o que faço é impreterivelmente tido como tal, sinto- me em total estado de violação, de “squizinhamento”, de “violentagem” ABRUPTA. Até que ,com um esforço pequeno... consigo me lembrar de Jesus ao dizer:” No mundo tereis aflições”!!!! E de uma certa maneira isso me é por consolo.
O TEMOR DO SENHOR TÁ SENDO “ACHANBRALHADO”...enquanto Eclesiastes exorta -nos que::: DE TUDO O QUE SE TEM OUVIDO E VISTO.... O FIM.... ou seja, o resumo geral da coisa é: TEMER A DEUS e GUARDAR OS SEUS PRECEITOS!!!!!! O temor do Senhor que é saúde para os nossos ossos, riqueza para o corpo, fonte de inspiração proteção contra o dia mal. O TEMOR DO SENHOR que é a base e a razão de todo o saber, que nos protege contra as fauces de satanás, que nos guarda da perversidade metropolitana que faz com que os que nos rodeiam sintam medo de Deus, literalmente... ao ponto de se desconcertarem mostrando-se desnorteados. O TEMOR DO SENHOR que nos faz pensar dez vezes mais quando somos esbofeteados tanto moral como espiritualmente, do tipo ECLES 3 :: ( FARTAI-VOS DE AFRONTAS):: É mole???? Sim. O TEMOR DO SENHOR que nos renova a consciência do nosso real papel no Reino de Deus. O TEMOR que nos faz pregar a Palavra sem invenções, sem adicionais, sem trotes, sem meandros, sem manias,sem engodos, sem porqueiras sem conlúios, sem misturebas sem amebas, sem lama, sem vinganças de a ou de b, sem comprometimentos humanos, sem “achismos”, sem soberba, sem segundas intenções, sem favorecimentos próprios, sem puxar a sardinha pra nossa própria brasa, sem acusações, sem esquemas, SIM é o TEMOR do SENHOR que nos ajudaria a ali, no altar com extremada simplicidade, com respeito singular e invejável ao rebanho que não é nosso e pelo qual prestaremos eternas contas; o TEMOR DO SENHOR que nos FARIA OLHAR para as pessoas sem ter que considerá-las descartáveis por serem diferentes de nós. O TEMOR do Senhor que poderia fazer os ministros do Evangelho tratarem a Deus com serenidade respeitando ao extremo a SUA Soberania; sabendo mesmo que Deus é fogo consumidor e mata se quiser matar, e que mantém a vida de quem Ele quiser abençoar... e isso é puro reflexo de Sua Eterna Misericórdia. O Temor do Senhor que prolongará os nossos dias na Terra; que é capaz de guardar o nosso chamado dos fedores desse mundo imundo e dos porcos que nos aparecem com pinta de anjos na sala do trono. To de retorno ao TEMOR do Senhor !!! Sim!!!.... Temor este que é capaz de nos ajudar a como cuidar bem e melhor dos nossos cônjuges, que muitas vezes, por causa do nosso chamado, sofre desnecessariamente as pancadas dessa vida louca. Temor este que nos ensina a guardar o nosso tesouro como o bem maior que nos foi dado na terra dos viventes. Temor que não deixa apagar de nós que os nossos vizinhos são gente que Deus ama... que a nossa família, mesmo “diminhosa” e frágil, é alvo de uma Graça singular. Temor este, que nos reconduziria de volta às reuniões de clamores e de fervente oração... já que isso se tornou como artigo de raro luxo para as sofridas mulheres que estão com os seus joelhos estragados. Saiba bem.... que..... mais, muito mais de 70% dos que pregam e cantam estão fora das salas de oração.... longe dos vigílias de clamores. Dificilmente eles expulsam demônios..... aliás... há muito tempo que tais não sabem o que é isso. Escravos... escravos...reféns do presente século e do (empastelamento hostil) do tudo isso se tornou!!!!Repare só.... que o nosso foco tá totalmente distorcido!!! Na real... oramos 3 ou 4 minutinhos e passamos todo o resto do tempo “de bobeira” com o povo e com Deus?? Numa celebração de duas horas, oramos um total de 4 ou 5 minutos!! É como se isso fosse um desencargo de consciência devedora com Deus, cujo saldo, tá mais no vermelho do que a situação de Brasília. Queremos que Deus abençoe de qualquer jeito !!! E as ordens não param... faça isso Deus... faça aquilo outro Senhor... faça... faça.... e faça!!!!Repare..... não há contrição... humilhação...choro...calmaria.... não há o bom siso de decisões com consciência!!!! Sabe o que é isso????? FALTA DE TEMOR DO SENHOR!!!!(FALO COMO PROFETA) As efusões provocam muito mais confusões e danos do que qualquer resultado que de fato traz alegria ao Coração de Deus.Por isso o meu retorno ao temor do Senhor....que possa me fazer orar sem pressa... que me (SACUDA) nas madrugadas e me faça orar com doçura...que me faça andar nos shoppings como um anjo... que me faça percorrer as trevas como um guerreiro... que me faça estar no seio da igreja como um humilde ser e servo.Temor que restaure a minha mentalidade,que avive o meu espírito. Temor que me salve de mim mesmo para a Glória de Deus!!!

Ósculos santos a todos!!

Pr. Livigsthon Farias